30 de jul de 2010

Vazio

O corpo,
ressuscitado.
A alma,
naufragada.

Nenhum comentário: