17 de mai de 2015

Monogramas


Monogramas feitos para enlaces matrimoniais. Riscos copiados das velhas revistas da DMC, importadas por livrarias brasileiras. As marcas entrelaçadas foram delicadamente bordadas em linho, cambraias, toalhas (de lavabo e de mesa) adamascadas, guardanapos, lençóis de percal ou nos simples panos de prato. Seja pelos vestígios dos riscos impressos nas revistas, seja pelos bordados ainda existentes em peças variadas que resistiram ao tempo, seja pelos pontos que compõem nossa memória, pouco sabemos da vida de mulheres e homens que nos idos das décadas de 30 e 40 do século XX uniram-se pelas tramas do tecido. A bordadeira conta histórias, mais que um  conto, muito além do que um ponto.

Adriana Gragnani maio 2015

Nenhum comentário: